Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Salles: "Ter Lula como adversário ajuda bastante Bolsonaro"

O ex-ministro do Meio Ambiente aposta na reeleição do presidente e acredita que o resultado das urnas será respeitado
Salles: “Ter Lula como adversário ajuda bastante Bolsonaro”
Foto: Adriano Machado/Crusoé

O ex-ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, comentou a disputa de 2022 em entrevista ao Uol. Ele afirmou que “não acredita muito” nas pesquisas de intenção de voto e que aposta na vitória de Bolsonaro. Segundo Salles, ter Lula como adversário é benéfico ao presidente.

“Há grandes chances do Bolsonaro ganhar a eleição. E acho que a alternativa ao Bolsonaro no Brasil, que é um fato que também o ajuda bastante, é ter o Lula como adversário.”

O ex-ministro de Meio Ambiente também disse que os votos de moradores do interior serão decisivos na disputa.

“O Brasil é muito heterogêneo e as pesquisas tendem a ter uma visão muito concentrada nos centros urbanos. Os centros urbanos são majoritariamente de esquerda. Os votos conservadores, o voto da direita estão no campo, isso está claro. No interior do Brasil.”

Salles ainda afirmou acreditar que Bolsonaro respeitará o resultados das urnas e descartou a possibilidade de o Congresso ser invadido em caso de derrota do presidente, como ocorreu nos Estados Unidos.

“Se ele vai perder, se vai ganhar, nós vamos ter que esperar. Eu acho que a decisão vai ser respeitada. A não ser que tenha uma fraude evidente, uma coisa absurda, mas não vejo muito sentido nisso. […] Chance zero [de invasão]. O Bolsonaro não fez nenhuma medida antidemocrática, respeitou as liberdades individuais, respeitou o direito. Nunca alguém foi tão criticado pela imprensa como ele foi.”

Mais notícias
TOPO