Salles vincula fogo no Pantanal com 'perseguição a pecuaristas'

Em live com Jair Bolsonaro, Ricardo Salles afirmou que a “perseguição aos pecuaristas” no Mato Grosso tem relação com o aumento do fogo no Pantanal.

Esta foi uma das duas explicações dadas pelo ministro. A outra foi a redução da “queima controlada”, conhecida como “fogo frio”.

“O pantaneiro, produtor rural da região, é um colaborador, e a pecuária ajuda a diminuir a matéria orgânica, porque o gado come capim e pasto e não deixa acumular. Vem havendo naquela região –ao contrário do Mato Grosso Sul que controlou esse assunto–, no Mato Grosso, uma perseguição muito grande contra os pecuaristas. Resultado: diminui o gado e aumenta a quantidade de capim e mato. Quando pega fogo, pega fogo em um volume gigantesco.”

Leia mais: Combo O Antagonista+ e Crusoé: comece a ler por apenas R$ 1,90
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 32 comentários
TOPO