Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Samuel Moreira: semipresidencialismo trará mais transparência

O autor do projeto que propõe o sistema disse que o Brasil hoje tem um presidencialismo de "cooptação"
Samuel Moreira: semipresidencialismo trará mais transparência
Arte: Joelto Mata

O deputado federal Samuel Moreira (PSDB), autor do projeto que propõe o semipresidencialismo no país, afirmou que o sistema trará “transparência” ao processo político.

Segundo o parlamentar, está em vigor no Brasil um presidencialismo de “cooptação”.

“Você não pode desprezar a força do Congresso. Ela já existe e é real. Ou seja, o presidente acaba tendo que compor com o Congresso, para obter maioria em projetos, reformas e superar crises. Só que ele acaba fazendo tudo isso por baixo do pano.”

O projeto prevê que o presidente indique um primeiro-ministro, que precisará ser aprovado pelos parlamentares, e, a partir disso, será possível constituir uma maioria oficialmente, que poderá indicar nomes ao governo de “forma transparente”. 

“Quais as forças que indicaram, por exemplo, o próximo ministro da Casa Civil? Elas são ocultas. […] Ah, é o Centrão? Mas quem são os partidos do Centrão? […] Ninguém sabe o custo dessas indicações para o país. […] E não resolve, porque isso não garante uma maioria. […]. É crise atrás de crise.

Samuel Moreira também afirmou que a formação de blocos, que apoiarão ou não o plano de governo apresentado pelo primeiro-ministro, garante “exercício da democracia plena” no país.

Leia mais sobre o projeto aqui. 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO