Santinhos sem partido

Várias peças publicitárias de Geraldo Alckmin, Henrique Meirelles, Ciro Gomes e Jair Bolsonaro estão escondendo a legenda à qual os candidatos pertencem, registra o Estadão.

O TSE determina que a propaganda, “qualquer que seja sua forma ou modalidade, mencionará sempre a legenda”.

Na majoritária, é preciso incluir também os partidos que compõem a coligação.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 10 comentários
  1. A grande maioria dos candidatos tem é muita vergonha de colocar o partido ali, pq sabe que pertencem à partidos sujos, corruptos e queimados com a população (como se eles tb não fossem sujos, de A à Z

  2. https://www.tercalivre.com.br/campanha-presidencial-de-jair-bolsonaro-podera-ter-mais-de-r225-milhoes-em-voluntariado/ – O material de campanha de Jair Bolsonaro é bastante humano.

  3. so teremos um Congresso renovado qdo a eleição dele for desmembrada da eleição para Presidência. Deveríamos estar conhecendo os candidatos da câmara e Senado mas ninguém fala deles, não há debates.