Santo arrecadador

Geraldo Alckmin, codinome “Santo”, foi delatado por três executivos da Odebrecht, segundo o Valor.

Mas eles não negociaram diretamente com o governador de São Paulo, e sim com seus arrecadadores.

A assessoria de imprensa de Geraldo Alckmin soltou uma nota comemorando o fato de que “a própria reportagem do jornal comprovou que os delatores isentam o governador”.

Faça o primeiro comentário