São Paulo tem R$ 262 mi em obras na área de Saúde paradas ou atrasadas

São Paulo tem R$ 262 mi em obras na área de Saúde paradas ou atrasadas

O estado e os municípios de São Paulo acumulam mais de 130 obras na área de Saúde paradas ou com atraso, segundo o Tribunal de Contas do Estado de SP (TCE-SP).

As obras custam R$ 262 milhões aos cofres públicos.

Os dados fazem parte de um painel criado pelo TCE-SP e referem-se ao segundo semestre de 2020, com data-base de julho.

Segundo a Corte, a demora na aprovação de laudos técnicos e atraso nos repasses estão entre os principais motivos para que as obras sejam paralisadas.

Leia mais: EXCLUSIVO: em vídeo, Marcelo Odebrecht explica o esforço da companhia para contar com os préstimos do “amigo do amigo de meu pai” -- como Toffoli era conhecido na empreiteira
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 2 comentários
TOPO