Saudações bolivarianas

Ex-ministra de Nicolás Maduro, a esgrimista venezuelana Alejandra Benitez, que participará do desfile de abertura da Olimpíada do Rio, afirma que não vai saudar Michel Temer na tribuna do Maracanã.

“É terrível o que vemos. Um golpe de estado que estão legalizando. Eu, como mulher, acredito que também foi um ato machista, algo patriarcal, contra a mulher. Na política, o homem acredita que deve se impor ante a mulher, e que ela não tem méritos por estar lá”, disse Alejandra, segundo o UOL.

Com essa quantidade de bobagens, quem for ignorado por Alejandra só tem a ganhar.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200