Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Saúde diz não haver comprovação sobre eficácia de dose adicional de vacinas contra Covid

Em nota, Ministério disse que "não há evidência científica que confirme a necessidade" de reforço de imunizantes
Saúde diz não haver comprovação sobre eficácia de dose adicional de vacinas contra Covid
Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

O Ministério da Saúde disse hoje que “não há evidência científica que confirme a necessidade de doses adicionais das vacinas Covid-19.

A afirmação da pasta foi uma resposta à decisão do governo de São Paulo, de iniciar o ciclo de vacinação anual contra a  Covid a partir do dia 17 de janeiro de 2022.

“O Ministério da Saúde informa que, até o momento, não há evidência científica que confirme a necessidade de doses adicionais das vacinas Covid-19. A recomendação é que estados e municípios sigam o que é definido pela Câmara Técnica Assessora em Imunização e Doenças Transmissíveis, que é pactuada entre União e gestores estaduais e municipais, e pelo Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 (PNO).”

AstraZeneca

Hoje, a Anvisa aprovou o início de um estudo clínico para avaliar a segurança, eficácia e imunogenicidade de uma terceira dose da vacina da AstraZeneca contra a Covid.

A pesquisa será feita com 10 mil participantes do estudo inicial que já receberam as duas doses do imunizante. A terceira dose da vacina da AstraZeneca será aplicada entre 11 e 13 meses após a segunda dose.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO