Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Saúde fica 6 dias sem entregar vacinas com milhões de doses em estoque, diz jornal

Segundo o Estadão, informes técnicos no site da própria pasta mostram que o ministério recebeu cerca de 16 milhões de doses na semana passada; hoje, 8 capitais suspenderam aplicação da 1ª dose
Saúde fica 6 dias sem entregar vacinas com milhões de doses em estoque, diz jornal
Foto: Myke Sena/ MS

Com milhões de doses de vacinas contra a Covid em estoque, o Ministério da Saúde ficou seis dias sem realizar nenhuma entrega do imunizante aos estados e municípios, levando pelo menos oito capitais a suspenderem a aplicação da primeira dose, diz reportagem de Fabiana Cambricoli no Estadão.

De acordo com o jornal paulistano, informes técnicos disponíveis no site da própria pasta mostra que a Saúde recebeu cerca de 16 milhões de doses entre segunda-feira da semana passada (19) e este domingo (25) e passou seis dias sem realizar entregas.

Os cálculos sobre o quantitativo disponível “estocado” foram feitos numa plataforma mantida pelo desenvolvedor Apolinário Passos com base em informações do ministério.

Segundo os dados coletados por essa plataforma, foram entregues na semana passada ao governo federal 6,2 milhões de doses da Pfizer, 4,8 milhões de unidades da vacina Oxford/AstraZeneca e 3,5 milhões de Coronavac. Hoje, foi liberado mais 1,5 milhão de doses da vacina do Butantan.

Nenhuma dessas, no entanto, havia sido distribuída até a manhã desta segunda (26), quando várias capitais optaram pela suspensão. “Antes da nova remessa iniciada ontem à tarde, a última entrega federal a estados havia ocorrido na terça-feira passada, dia 20, e com doses que já tinham sido entregues na semana anterior”, escreve o Estadão.

Nesta segunda, como publicamos mais cedo, Belém, Rio, Salvador, João Pessoa, Campo Grande, Florianópolis, Maceió e Vitória interromperam a oferta da vacina a novos públicos e mantiveram apenas a segunda dose.

Em outras duas capitais, Goiânia e Cuiabá, a vacinação era limitada por causa dos estoques baixos. Em São Paulo, a imunização da faixa etária dos 28 anos, prevista para esta quinta (29), foi temporariamente suspensa.

Questionado pelo jornal, o ministério disse ter iniciado a entrega de 10,2 milhões de doses de vacinas contra a Covid para todo o país ontem, incluindo as capitais.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO