Saúde inclui veterinários no grupo prioritário da vacinação contra Covid-19

Saúde inclui veterinários no grupo prioritário da vacinação contra Covid-19
Divulgação/ CFMV

O Ministério da Saúde incluiu veterinários “e seus respectivos técnicos e auxiliares” no grupo de profissionais de saúde que têm prioridade na vacinação contra a Covid-19.

A decisão foi comunicada ao Conselho Federal de Medicina Veterinária na última segunda (18), dia seguinte à autorização de uso emergencial da Coronavac (já distribuída a todos os estados) e da vacina de Oxford (que ainda chegará ao Brasil).

Quem assina é Laurício Monteiro Cruz, diretor do Departamento de Imunização e Doenças Transmissíveis da pasta e presidente do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Distrito Federal.

Ele pediu que todos os estados e municípios disponibilizem a vacina para a categoria. Bastará ao veterinário apresentar sua carteira de identidade profissional.

“Ressaltamos que os médicos-veterinários atuam em diversas frentes e estão inseridos nas clínicas, hospitais, defesa sanitária, desempenhando atividades que vão desde a gestão até a vigilância de zoonoses, vigilância ambiental em saúde, epidemiológica e sanitária, o que os torna mais suscetíveis à doença”, disse Laurício em ofício ao CFMV.

No pedido para incluir a categoria, a vice-presidente do Conselho Federal, Ana Elisa de Souza Fernandes Almeida, o questionou se seria dada prioridade aos profissionais da área que atuam em “hospitais veterinários, clínicas veterinárias, consultórios particulares e estabelecimentos semelhantes, bem como àqueles que atuam na defesa sanitária animal e inspeção de produtos de origem animal”.

Abaixo, as cópias dos documentos:

Leia mais: Enquanto dezenas de países do mundo já iniciaram a vacinação contra a Covid-19, o Brasil patina entre duas vacinas.
Mais notícias
TOPO