Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Saúde recua e diz que priorizará entrega de vacinas a estados atrasados

Segundo a pasta, o "ajuste" foi feito para garantir que todos os estados concluam a aplicação da primeira dose até o fim de setembro
Saúde recua e diz que priorizará entrega de vacinas a estados atrasados
Foto: Myke Sena/MS

O Ministério da Saúde anunciou hoje, em entrevista coletiva, que a pasta fará um “ajuste” na distribuição de vacinas contra a Covid, para garantir que todos os estados concluam a aplicação da primeira dose até o fim de setembro. 

No dia 6 de agosto, o titular da pasta, Marcelo Queiroga, informou que o governo havia adotado uma “mudança de metodologia”, para que os estados finalizassem a imunização a vacinação de forma igualitária. Mais cedo, no entanto, o secretário-executivo da Saúde, Rodrigo Cruz, disse que não houve alteração nos critérios, e, sim, um “ajuste”. 

“Esse ajuste que é feito na distribuição é feito única e exclusivamente para vacinas de primeira dose. Não haverá nenhum prejuízo para distribuição na segunda dose.”

O anúncio ocorre em meio à polêmica envolvendo o envio de doses ao governo de São Paulo. Como mostramos, nesta terça (17), o ministro do STF Ricardo Lewandowski determinou ao Ministério da Saúde que assegure ao estado a quantidade de vacinas necessárias para a aplicação da segunda dose na população, que já está parcialmente imunizada. O governo de João Doria, que acusa a Saúde de “dever” pelo menos menos 228 mil doses da Pfizer, entrou com a ação no Supremo na última sexta (13).

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....