Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Saúde retira do ar documento que orientava médicos sobre uso da cloroquina

Saúde retira do ar documento que orientava médicos sobre uso da cloroquina
Foto: LQFEx/Exército Brasileiro

Em meio aos questionamentos na CPI da Covid sobre o uso da cloroquina, o Ministério da Saúde tirou do ar um documento que servia como base de orientação para a prescrição do remédio, que não tem eficácia contra a doença, registra O Globo.

Publicada pelo governo federal em julho do ano passado, a Nota Informativa nº 17 regulamentava o uso de medicamentos para “tratamento precoce” de pacientes com diagnóstico de Covid.

O documento instituiu regras para que médicos em todo o país pudessem prescrever cloroquina ou hidroxicloroquina. A nota informativa estabelecia que cabia ao médico decidir se receitaria ou não o medicamento e exigia que o paciente assinasse um documento concordando.

Inicialmente, informa o jornal carioca, o ministério impossibilitou o acesso ao documento em seu site. Nesta sexta (7), a página com as informações de “manejo clínico e tratamento” no site da pasta saiu completamente do ar.

Leia mais: Pois é, nada mudou da esquerda para a direita.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO