Saúde só gastou um terço da verba para Covid-19, diz TCU

Auditoria do TCU identificou que o Ministério da Saúde gastou apenas 29% da verba emergencial prevista para combater o novo coronavírus. Dos R$ 38,9 bilhões autorizados, só R$ 11,4 bilhões foram efetivamente executados até 25 de junho.

Os recursos deveriam ser usados em medidas de fortalecimento do atendimento ambulatorial e hospitalar.

No caso das despesas feitas diretamente pelo ministério, a execução chegou a apenas 11,4%. Já em relação às transferências fundo a fundo, o percentual ficou em 39% para estados e 36% para municípios.

Os auditores do órgão de controle enviaram ao Ministério da Saúde uma série de questionamentos sobre a baixa execução orçamentária (abril foi o pior mês), deficiências no planejamento e ausência de cronograma. Não houve resposta.

O MPF abriu inquérito para apurar possível insuficiência e lentidão da execução orçamentária do ministério, além de omissão no socorro financeiro aos estados e municípios.

 

Leia mais: O erro dos governadores na pandemia. Clique aqui para ler mais
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO