Sávio: “Não conheço Bertin”

De acordo com uma reportagem da Veja de dezembro de 2015, o nome de Domingos Sávio apareceu numa agenda de Natalino Bertin, parceiro de José Carlos Bumlai. Estava associado a uma doação de 50 mil reais, recebida para a campanha de 2010.

Na ocasião, Domingos Sávio disse à revista: “Não conheço Natalino Bertin, nunca recebi nada dele ou do Grupo Bertin. Posso assegurar que nunca recebi nenhum recurso deste senhor, que não conheço ou desta empresa com a qual também nunca tive nenhum contato e nem sei onde fica”.

Depois da publicação da reportagem, Domingos Sávio afirmou à Veja: “Na campanha de 2010 recebi 50.000 reais da empresa Bracol Holding Ltda, que está devidamente declarado em minha prestação de contas à Justiça Eleitoral. O setor produtivo rural apoiou minha candidatura e indicou meu nome à referida empresa Bracol, que fez a doação pelos meios legais. Só agora, vendo a informação na própria VEJA de que a senadora Ana Amélia também recebeu recursos da Bracol, soube que a referida empresa é ligada ao Grupo Bertin. Portanto, a ajuda que recebi foi absolutamente legal e foi em razão da minha dedicação ao setor rural que sempre me apoiou”.