Schelb, jurista evangélico, cotado para assumir pasta da Educação

Na entrevista coletiva de última hora que concedeu hoje, Jair Bolsonaro disse que o procurador Guilherme Schel, integrante da Associação Nacional de Juristas Evangélicos (sim, existe uma), está cotado para assumir o ministério da Educação:

“Quem ensina sexo para criança é papai e mamãe. Escola é para aprender física, matemática e química. Vou conversar hoje com o senhor Guilherme Schelb. É um ministério importantíssimo, como outros. Aí que está o futuro do Brasil. Se for ver aí os últimos dez, quinze anos, dobrou o gasto da educação, e a qualidade diminuiu. O Brasil não pode ir à frente com a educação dessa maneira.”

Você CARA A CARA com Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas e convidados. SAIBA MAIS AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 211 comentários
    1. Uai ! Pra ser ministro da educação tem que ser ateu ? seja o que vc quiser ser, a grande maioria é cristã e aplaude . Laico pra mim quer dizer que todas as religiões devem ser respeitadas

  1. Competência e honradez devem prevalecer na escolha de qualquer auxiliar do próximo governo. A Educação é importantíssima e está muito deteriorada com péssimas influências há anos.Salve a Ed

  2. Seria bom que as pessoas, antes de comentarem sobre o possível ministro da Educação, fizessem uma pesquisa sobre o mesmo e não se deixarem influenciar por uma reles frase dos antagonistas.

    1. Não fale besteira, conhece em é Guilherme Schelb. Ele foi procurador da república. Pesquise sobre o trabalho dele antes de falar. Quem não está contendo é o PSDB pesquise porque rss

  3. E vocês deputados da comissão na câmara votem e aprovem logo isso. Aqui a esquerda ganha no grito. Honrem as cuecas e as calcinhas que vestem, não se deixem intimidar, e aprovem logo isso.

  4. Engraçado como há resistência e preconceito com tudo o que diz respeito a Deus. Se você qualquer outra “invocação”, bateriam palmas, mas quando se identifica com o cristianismo, não serve..

  5. Este “sim existe uma” pegou mal, muito tendencioso. E para a informação de vocês, é uma associação de juristas cristãos, não restrita aos evangélicos. Precisam se informar melhor e supera

    1. TEM que ficar sob o comando de conservadores radicais sim… é nela que se forja os homens do futuro, e até agora, só têm forjado bibas… chega disso…

    1. Não só isso… tem que fazer voltar também as aulas de Moral e Cívica e OSPB (Organização Social e Política Brasileira), ou você acha que a gente se politizou no facebook???

    2. Criacionismo é uma teoria , assim como o evolucionismo. Tem que ter muita fé para crer que a complexidade do universo surgiu do nada e “evolui” naturalmente. rsss

    3. Jurista evangélico é por conta da imprensa. Esse Procurador da República não se apresenta como “jurista evangélico”. Melhor se informar. Até ateus discordam dessa doutrinação atual.

    4. Os princípios judaico-cristãos são normas de conduta para aplicação na vida prática, que primam pela correção e eficiência e são padrões de desenvolvimento do mundo ocidental.

    1. Nada a ver. Esse Procurador da República sabe separar as coisas. O que ele pensa sobre a educação, é o mesmo que grande parte dos ateus, por exemplo, querem. Uma educação sem doutrinação.

  6. APOIADÍSSIMO! Sou ateia, mas respeito a herança cultural e civilizacional do cristianismo e ela é a única barreira forte contra a ideologização da escola que está emburrecendo às crianças e

  7. Excelente Min, espero que Bolsonaro o escolha, esqueçam os Antas, eles tem seus patrões, embora se esforcem para que pensemos o contrário. Quanto a Deus, eles já se manifestaram não próximos a e

    1. Diogo Mainardi é ateu, mas tem imenso apreço pela herança cultural e civilizacional da fé cristã (põe seu filho em escola católica, por isso). É possível ser pessoalmente ateu e culturalmente

  8. Um excelente nome, dentro da proposta de Bolsonaro de endireitar aeducação e criar alicerce para o futuro. Tem um trabalho voltado para o setor e conheçe os rincões do Brasil onde ministrou palest

  9. Havia um Guilherme que apoiava aquele chatão José Francisco. Eram 2 procuradores procurando pelo em ovo, para atormentar FHC. Não será o mesmo? E, mais, neca de Escola com Jeová, hein!!

    1. Sou ateia e não vejo nada demais. Schelb sabe distinguir entre sua pertença confessional e a tecnicidade do cargo.É com argumentos culturais e filosóficos q.ele combate a ideologização escolar.

  10. Ele possui competência para assumir a pasta? Não adianta só colocar uma pessoa honesta, precisamos neste ministério de alguém que entenda de educação, e o que pode ser feito para melhorá-la.

    1. É pior que isso, existe uma associação de juristas marxistas, chamados de juristas progressistas, melhor a que tem Deus no coração.

    1. Deem uma olhada na baderna que são as universidades públicas no Brasil inteiro. Aqui em Brasília, a UnB se tornou um antro de drogaditos, onde a morte de estudantes está ficando comum.

    2. Centros “acadêmicos” so servem para estocar a maconha e a bebida desses comunistas mimados com dinheiro da corrupção! Fodam-se e se reclamarem, borracha nos vagabundos de barba e sem banho!

    3. Mozart apoia ideologia de gênero, redução da maioridade e outros esquerdismos via Estatuto da Criança e seus conselho: menina do olhos do I.Airton Senna.

  11. O Ministro da Educação deveria ser um militar. Se há algo de que o setor de educação precisa aqui no Brasil é de alguém que coloque ordem no galinheiro que aquilo virou. É vergonhoso!

    1. SIM! Ele vai na jugular do principal fator de emburrecimento e embotamento cerebral do estudante brasileiro hoje. Sou ateia e apoio a escolha.

    1. O Schelb,protestante fervoroso sabe respeitar a esfera laica. É com argumentos laicos q. ele ataca a ideologização. Argumentos que eu, ateia, entendo.

    2. A galera do Anta manja dos paranauê da informação política. Mas, são completamente ignorantes em entender o caráter de Deus.

    1. A rigor, para trazermos justos e honestos, nem devia haver um ministério da educação, a transmissão cultural (que é o ensino) deve ser LIVRE!

    2. Liberdade de Ensino já: é o cidadão (pai e mãe!) que define como será a escola de acordo com seus valores: ateus, cristãos, etc. O ESTADO não manda na escola.

    3. n.freit@s: Escola não é PROPRIEDADE do poder estatal! Ela é aquilo que os pais (que a pagam com impostos) quiserem q.ela seja: ateia, religiosa, macumbeira.

    4. Ateus inteligentíssimos,historiadores,cientistas, respeitam raiz cultural da nossa civilização: cristianismo.Impossível contornar.Sou ateia, mas não burra.

    5. Herança cultural do cristianismo(sem a qual voltaríamos à idade da pedra) é impossível não ensinar. Sem ela nada entenderemos da civilização que somos. Sou ateia.

    6. Estudei em colégio de freiras e ainda acho que religião deve de ficar de fora de escolas publicas. Nenhuma delas deve influenciar a feh e ideologias.

  12. Essa eu não sabia… agora teremos engenheiros evangelicos medicos evangelicos mecanicos evangelicos pu,tas evangelicas.. essas eu ja conhecia..gente religião não é profissão.. é fé…parem co

    1. Sou católico, budista e ate meio macumbeiro, mas nao entendo a logica de certo preconceito aos evangélicos. Que sejam todos abençoados por Deus!

  13. Eu procurei saber sobre ele, é um bom nome pra educação. Ele ja trabalha nessa área.É conservador, e contra o ensino marxista e escreveu vários livros sobre educação é a favor da escola sem p

    1. Confio no Bolsonaro , ele não iria apostar errado justo na área da educação q foi carro chefe da campanha ao lado da segurança pública

    2. Procurem um vídeo dele no YouTube com o Titulo . Nao toquem em nossas crianças. Pesquisem sobre ele. O cara é bom,preparado, a favor da escola sem partido e vai banir Paulo Freire nas escolas

  14. Não é somente a ideologia de gênero, isso é somente uma parte. Tem q BANIR PAULO FREIRE DA EDUCAÇÃO BRASILEIRA e também o ECA. Paulo Freire e o ECA são uma fábrica de alunos BURROS E DELINQUE

    1. Concordo, PRECISA banir Paulo Freire. Há anos eu falo que esse homem é uma imundície. Já briguei com muita gente por defender que esse comunista não presta.

    1. Não percam seu precioso tempo com ele, use a boa e clássica técnica Olavista, OBSERVADOR, vai tomar no seu c., seu arromb

    2. Crente não…CRISTAO, assim como católicos. Brasil tem mais de 80% de Cristãos. Nao importa a origem religiosa…i q importa é tirar o país do caos educacional q vivemos hoje. Valores familiares

  15. Tenho absoluta certeza que o fato de ser cristão e conservador contou mais do que ser evangélico ou ainda que fosse católico. Muito preconceito ignorante por aqui, vítimas de ideologização.

  16. Um excelente nome para tentar moralizar a educação brasileira a qual está uma zona, graças a desgraça do PT/Aliados e suas ideologias malditas que afundaram o conhecimento dos alunos em pró da p

    1. Não é bom mesmo! O melhor é ser comandado por organizações criminosas satanistas! “Queremos um Brasil bacanal”!!!!! Cambada de gente preconceituosa e intolerante.

    2. Muito imbecil preconceituoso comentando por aqui. Pelo visto, se o PT tivesse ganhado todos estariam felizes com as indicações né? Já imaginou um MEC nas mãos de um Jean Willys da vida?

    3. Ele é um cidadão igual a qualquer outro. Por que a discriminação? Tivemos bandidos no governo durante tantos anos, com certeza você os apoiava, ah, estamos saindo agora do obscurantismo.

  17. Um jurista é uma boa idéia. O q não vai faltar serão os questionamentos na justiça, por parte dos esquerdopatas, sobre toda e qq atitude q o ministro adotar. Assim ele já está preparado.

    1. Eu abro uma exceção à Teoria da Evolução para você: você de fato nasceu de um jumento, porque você é um jumento mesmo.

  18. Na verdade, só precisamos lembrar aos evangélicos – e ao cabrunco todo – que o poder é do povo. Bota e tira. Se um deputado evangélico for contra, é só anunciar o nome e dizer: “Não tá com o

  19. Ele só precisa lembrar que está educando gregos e troianos (católicos, evangélicos, o povo de santo, espírita, ateus, e o cabrunco). Escola Sem Partido (político, religioso, etc.). As Leis são

  20. Presidente Bolsonaro, nomeie quem o senhor quiser para o MEC… menos o Haddad, que foi um desastre como ministro, além do que ele precisa estar livre para realizar as visitas semanais ao larápio.

    1. Precisamos de estrategistas. E acho o Ricardo Véloz uma boa opção. So tenha a impressão que as pastas da Saúde, Educação e Agro estão sendo usadas, com certo critério é claro, em troca de ap

  21. SCHELB NÃO!!! Bolsonaro, Educacaicé prioridade. Indique profissional da área. Não vale o critério de ser evangélico. Queremos mudanças reais. Tem que rever a Educação, mas com especialistas!!

    1. Errado Renato – ela só tem opiniao diferente da sua, eu tb. Lugar de religiosos é na igreja, seinagoga ou “centro”. Escola é lugar de ensinar e nao pregar. Alem disso o cara é jurista nao educad

    2. Esqueçam religião, o que importa é o estudante saber matemática, português, interpretar textos , etc… religião e Estado não combinam…vai sair uma ideologia e entrar outra…

  22. A senadora Rose de Freitas seria muito melhor. O problema da educação não é a tal ”doutrinação”. O problema da educação é o abandono ao ensino básico, que deveria ser prioridade.

    1. Exato. A doutrinação acaba qdo vc poe uma pessoa do ramo sem viés ideologico ou religioso, enao trocaremos o kitgay pelo kit-Jesus. Religiao se ensina em casa ou na Igreja. nao na escola

    2. Doutrinação é problema, mas a educação básica é tbm. Doutrinação é pior em ensino médio e universidade. Problema do fundamental é precariedade mesmo.

    3. Creio que uma coisa puxa a outra, João. Temos natureza discursiva…e os docentes sabem disso. Jogam um verde na turma, e todos tomam suas posições, defesa ou ataque. No fim, vira tudo comunista.

    4. Então os alunos saem do ensino médio sem saber o básico de português e matemática por culpa da doutrinação ? Ou é por conta da precariedade do ensino ?

  23. Bolsonaro está indo para um caminho perigoso. Na campanha falou que seria um militar, agora quer colocar uma pessoa que nem ligado a educação é!Aqui foram dados diversos nomes qualificados.Estranh

    1. Não precisa ser/estar ligado a Educação; precisa ter sido BEM educado. Olha o que Mourão disse: “…meus heróis não morreram de overdose”. O cara só precisa sair do escritório e ir ao proble

  24. Excelente nome! No Brasil há que se restaurar a credibilidade, autoridade do professor em sala de aula. E, começar pela conduta ética destes profissionais é um bom começo! Xô ideologias

    1. O cara é jurista nao é educador, e ser evangelico nao ajuda, somos um pais laico e com pluralidade religiosa. Escola ensina matematica, religiao se ensina em casa

    1. Exato! Venho falando disso a um tempao aqui. O problema nas escolas é indisciplina dos professores e alunos, deixe as igrejas e as familias cuidarem da religiao das crianças

    2. Aí eu queria ver os docentes fazerem greve em todo inicio do ano letivo. Põem seus filhos em Escolas particulares e ensinam em escolas públicas. Greve numas, trabalho noutras. ISTO mata o país.

  25. Bolsonaro vai criar escolas separadas para meninos e meninas. Nas escolas masculinas, eles aprendem uma profissão. Nas escolas feminas, elas vão aprender a cozinhar, faxinar e cuidar dos filhos.

    1. Brasileiro – qdo vc vai pra uma escola plesbiteriana ou de pares vc sabe onde esta estudando, o q nao pode é o estado enfiar ideologia, religiao ou o q quer q seja nas escolas

    1. Vc esta certa, nesse ponto, misturar religiao (evangelica mas podeira ser outra) com educação vai dar merda, nao é legal misturar as coisas, religiao s aprende em casa ou na igreja

    2. Valores: fim das ideologias e no lugar ensinar a importância da família, do patriotismo, de amar a Deus e ao próximo. essa é a revolução necessária, que passa por livrar as UnFs dos PCs do Bras

    3. Disciplina: passar pra Polícia a direção da escola… Conteúdo: ênfase em portuga e matemática. some com filosofia e sociologia do ensino básico e enfia ética, moral, cívica, sociedade, cidad

    4. Gestão: passar a patrola. redefinir toda a estrutura, muito menos secretarias. … Meritocracia: motivar as crianças e professores a atingir objetivos, cada escola deve receber + ou – conf. resultad

    5. Ademais, reforço os 5 pontos do projeto MEC: Choque de Gestão, Choque de Meritocracia, Choque de Conteúdo, Choque de Disciplina e Choque de Valores.

    6. Mozart não teria disposição nem naturalidade volitiva para enfrentar o cipoal esquerdopático enraizado no MEC, que escuma suas perversidades: ideologia de gênero, Paulo Freire, ideologia marxista

    1. Renato – no comentario anterior disse que achava q esse Thiago nao era peteba, acabo de ver q vc esta certo, esse Thiago nao passa de um mortaldela

    1. Toda vez que religiosos se apropriam de algum setor da sociedade da merda, exatamente igual a qdo os Comunas-LGBTS-Feminazi o fazem, certas coisas nao se misturam vide a teoria da libertação peteba

    2. Provavelmente eles aplicam a Lei de Moisés aos crimes. E vc sabe que Moisés é do Antigo Testamento. O Antagonista é católico, logo deve seguir o Novo Testamento. Não obedecem a 10 Leis, mas a UM

  26. Mas não ia ser um general? O capitão disse na campanha que seria um general de pulso firme para desesquerdizar de vez a educação brasileira. Esse senhor cogitado está a altura? Terá pulso?

    1. Nunca foi promessa, foi sugestão. Bolsonaro queria o Olavo que recusou. Ele vai colocar um educador. General ia sofrer muita represália

    2. Bem lembrado, Bolsonaro citava um general no Min. da Educação para implantar sistema dos colégios militares nas escolas públicas, não vai cumprir a promessa de campanha Bolsonaro???

    1. O André Mendonça da AGU também é evangélico, e daí? O cara é um monstro de competente. O Shelb, pelas posições dele, teria mais disposição pra desbancar o cipoal esquerdopático do MEC que