Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

“Se ele não falar toda a verdade, falarei por ele”, diz Dominguetti

O ex-cabo da Polícia Militar afirmou que espera o depoimento de Amilton Gomes de Paula para decidir se pede para ser ouvido novamente pela CPI
“Se ele não falar toda a verdade, falarei por ele”, diz Dominguetti
Foto: Pedro França/Agência Senado

O ex-cabo da PM Luiz Paulo Dominguetti, que tentou negociar vacinas que não existiam com o governo federal, disse ao Metrópoles que pode pedir à CPI da Covid para prestar depoimento mais uma vez.

Em 1º de julho, quando falou aos senadores, Dominguetti detalhou o suposto pedido de propina feito pelo ex-diretor de Logística do Ministério da Saúde Roberto Dias, em um jantar no dia 25 de fevereiro.

O policial militar oferecia 400 milhões de imunizantes da AstraZeneca em nome da Davati Medical Supply. O contato entre a empresa e o Ministério da Saúde teria sido estabelecido pelo reverendo Amilton Gomes de Paula, da ONG Secretaria Nacional de Assuntos Humanitários. Ele presta depoimento à comissão amanhã.

Dominguetti disse vai assistir ao depoimento do reverendo para decidir se tenta ser ouvido novamente.

Se ele não falar toda a verdade, falarei por ele.”

O PM não especificou o que espera do depoimento: Somente a verdade. Nada mais.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO