Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Se eu tivesse te dado um soco, Vossa Excelência não teria continuado sentado"

Deputado Diego Garcia negou ter agredido Paulo Teixeira
“Se eu tivesse te dado um soco, Vossa Excelência não teria continuado sentado”
Reprodução/TV Câmara/YouTube

O deputado federal Diego Garcia (Podemos-PR) disse nesta terça (18) a Paulo Teixeira (PT-SP) que “se eu tivesse te dado um soco, Vossa Excelência não teria continuado sentado”.

“Em momento algum da minha parte houve agressão a Vossa Excelência. Em momento algum”, disse Garcia, na comissão especial da Câmara que discute o cultivo de maconha com fins medicinais.

“Se eu tivesse te dado um soco, Vossa Excelência não teria continuado sentado. Então a minha intenção, a minha intenção, não era essa. Eu empurrei o computador e eu coloquei a mão sobre Vossa Excelência para que Vossa Excelência parasse de falar e parasse de atropelar o regimento e de atropelar aquilo que Vossa Excelência mesmo anunciou no início da reunião, quando aprovou o meu requerimento de votação nominal”.

Deputados bolsonaristas apresentaram um requerimento para adiar a discussão sobre o cultivo de maconha, mas, após votação simbólica, Paulo Teixeira, que preside a comissão, declarou que o pedido foi rejeitado. Os bolsonaristas, então, pediram votação nominal, pedido rejeitado por Teixeira.

Foi nesse momento, como mostram imagens da TV Câmara, que Garcia se levantou e aproximou-se de Teixeira, e encostou a mão em seu peito.

Assista:

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO