Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Se eventualmente apresentou alguém, que mal tem?"

Adhemar Cesar Ribeiro, de 77 anos, cunhado de Geraldo Alckmin, está “triste, magoado” com as acusações de que operou caixa dois para o tucano.

Foi o que disse seu filho Othon, sobrinho do ex-governador, à Folha.

“Ele (Adhemar) é um cara extremamente bem relacionado, foi banqueiro por 45 anos, conhecia todo mundo como qualquer outro empresário. Se eventualmente apresentou alguém, que mal tem? Nunca foi político nem se envolveu com isso.”

Irmão de Lu Alckmin, ex-primeira-dama do estado, Adhemar foi apontado por delatores da Odebrecht como intermediador de repasses ilícitos de R$ 2 milhões à campanha do tucano ao governo de São Paulo em 2010.

“Desconheço, mas te garanto que nunca houve nada”, rebateu o filho dele.

 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....