ACESSE

"Se não for ele, vai ser o filho de alguém"

Telegram

Jair Bolsonaro continua defendendo a indicação de seu filho Eduardo para a embaixada brasileira em Washington.

“Se não for ele, vai ser o filho de alguém”, disse o presidente, em entrevista a Leda Nagle.

Bolsonaro criticou a “ojeriza” a essa sua decisão.

E voltou a destacar “a amizade” de Eduardo com a família de Donald Trump e que o filho “fala inglês, frita hambúrguer e entrega pizza”.

“Ele queria morar nos Estados Unidos há um tempo. (…) Tem tudo para dar certo.”

Watergate, Trump, Obama e a imprensa... Ana Paula Henkel afiada em estreia na Crusoé. CONFIRA

Comentários

  • Marcelo -

    Chooooora petezada. O Lula está preso e lá vai ficar. Este mês ganha mais alguns anos de cadeia. E na Segunda instância. Kkkkkkkk

  • Edelson -

    Não adianta insistir presidente, E NEPOTISMO mêsmo!!!

  • Paulo -

    Nepotismo rasteiro.

Ler 152 comentários