"Se o senador não comprovar a origem lícita, não há escapatória"

“Se o senador não comprovar a origem lícita, não há escapatória”
Comissão Mista da Medida Provisória (CMMPV) n° 879 de 2019, que autoriza ressarcimento à Eletrobrás por gastos com combustíveis, realiza audiência pública com a participação de representantes do Ministério de Minas e Energia(MME), Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig). Senador Angelo Coronel (PSD-BA) à bancada. Foto: Roque de Sá/Agência Senado

Como O Antagonista noticiou ontem, a maioria da bancada do PSD no Senado defende a cassação de Chico Rodrigues (DEM).

Até o senador Angelo Coronel, que fez críticas à decisão de Luís Roberto Barroso de afastar o colega, de quem saiu em defesa, disse que votará contra Chico em eventual análise do caso no Conselho de Ética.

Coronel afirmou ao MyNews:

“Eu não me vejo votando favorável a ele no Conselho se ele não apresentar uma justificativa na declaração de Imposto de Renda de que ele tenha esse dinheiro em caixa.”

E mais:

“Se o senador não comprovar a origem lícita, não há escapatória para ele, é somente adiar o problema para daqui a 90 dias [no caso, Chico retificou o prazo de afastamento para 121 dias]”.

Leia mais: Deputados federais custam R$ 189 mil por mês aos pagadores de impostos; senadores, ainda mais
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 9 comentários
TOPO