"Se precisar demitir o presidente, nós demitimos"

Ricardo Barros, do PP, disse para o UOL:

“Se precisar demitir o presidente, nós demitimos. Ele não pode demitir o Congresso. A palavra final é nossa, ele é que tem que querer estar de bem conosco. Se ele não quer, está ótimo para nós.”

Comentários

  • Roberto -

    Esses políticos são lixos, quem vai esquecer desse ministro da saúde do governo Temer e membro do PP, o partido que conseguiu superar o PT em corrupção.

  • Ernesto -

    Caro deputado: faça as contas de quantos votos o senho obteve nas urnas e quantos obteve o presidente. Após isso, sugiro que respeite a opinião do povo, que é o detentor final e legítimo do poder

  • Felipe -

    O sujo falando do mal lavado. Engraçado as pessoas aqui falando mal do Congresso, mas nos tempos do Impeachment eram "milhões de Cunhas"! O brasileiro vai mal, defendendo o sujo do Bolsonaro.

Ler 238 comentários