E se todos os acusados de crimes fossem tratados como Flordelis?

E se todos os acusados de crimes fossem tratados como Flordelis?
Foto: Gilblerto Nascimento

Nos bastidores da Câmara, comentou-se ontem o teor do parecer da Corregedoria sobre o caso Flordelis, a deputada acusada de ter mandato matar o próprio marido.

Desde a conclusão das investigações policiais, está claro para os deputados que ela muito dificilmente escaparia da cassação. O processo ainda está em andamento.

O que se percebe é a diferença entre o tratamento dado a uma deputada acusada de cometer um crime de assassinato e o de congressistas que são acusados de cometerem outros crimes, como peculato, corrupção e lavagem de dinheiro.

Não custa lembrar que, no início deste ano, o deputado Wilson Santiago (PTB) foi afastado do cargo por determinação do STF, justamente por acusações envolvendo corrupção, mas os pares foram solidários e derrubaram a decisão judicial, mantendo o parlamentar no Congresso.

Leia mais: Deputados federais custam R$ 189 mil por mês aos pagadores de impostos; senadores, ainda mais
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 19 comentários
TOPO