"Se você tira de uma arrecadação, precisa ter outra fonte para substituir”

“Se você tira de uma arrecadação, precisa ter outra fonte para substituir”
Foto: Adriano Machado/CRUSOE

Como registramos mais cedo, Paulo Guedes reuniu-se neste sábado com o líder do governo na Câmara, o deputado Ricardo Barros, para alinhar os últimos detalhes da proposta de reforma tributária.

Ao lado do parlamentar, o ministro da Economia voltou a defender a desoneração da folha de pagamento para a criação de empregos.

“Estamos fazendo os últimos ajustes, mas algumas bases nós já acertamos. Vamos simplificar impostos, reduzir alíquotas, aumentar a faixa de isenção, criar ambiente mais favorável para negócios para geração de emprego, principalmente com foco na desoneração da folha de pagamento, para fazer com que cerca de 40 milhões de brasileiros que estão na informalidade voltem para o mercado de trabalho”, afirmou

“Vamos tributar mais quem ganha mais, menos quem ganha menos. Os impostos serão substitutivos. Se você tira de uma arrecadação, precisa ter outra fonte para substituir.”

Leia mais: Exclusivo: a casa secreta de Brasília
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 113 comentários
TOPO