Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Secretário da Geórgia diz que gravação foi divulgada porque Trump mentiu

Secretário da Geórgia diz que gravação foi divulgada porque Trump mentiu
Facebook

O secretário de Estado da Geórgia, Brad Raffensperger, disse em entrevista a uma afiliada da NBC que a gravação da conversa com Donald Trump não teria vazado se o presidente não tuitasse mentiras.

Segundo Raffensperger, Trump “quebrou a privacidade” da conversa, quando tuitou sobre a ligação.

“Foi uma conversa particular para mim, e ele quebrou a privacidade quando postou um tuíte. Mas seu tuíte era falso”, disse.

Ontem, o Washington Post publicou o áudio completo da ligação. Horas antes, Trump escreveu no Twitter.

“Falei com o secretário de Estado Brad Raffensperger ontem sobre o condado de Fulton e a fraude eleitoral na Geórgia. Ele não queria ou não conseguia responder a perguntas como o golpe das ‘cédulas embaixo da mesa’, destruição das cédulas, eleitores de fora do estado, ‘eleitores mortos e muito mais. Ele não tem ideia!.”

Pouco depois, Raffensperger respondeu a Trump no Twitter, escrevendo: “Respeitosamente, Presidente Trump: O que você está dizendo não é verdade. A verdade virá à tona.”

Na ligação de uma hora, Trump pode ser ouvido dizendo a Raffensperger para “encontrar” os “11.780 votos” necessários para reverter sua derrota na Geórgia.

“Se o presidente Trump não tivesse tuitado nada e ficado em silêncio, nós também teríamos ficado em silêncio e isso teria sido apenas uma conversa entre mim e ele, de homem para homem.” 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO