Secretário de Fazenda é comparado a Marcos Cintra

Secretário de Fazenda é comparado a Marcos Cintra

No Ministério da Economia, auxiliares de Paulo Guedes comparam a situação de Waldery Rodrigues à de Marcos Cintra, ex-secretário da Receita.

Cintra foi demitido por Guedes em 11 de setembro de 2019, por ter apresentado, sem autorização do ministro, a proposta de criação de uma nova CPMF na reforma tributária.

À época, Guedes disse que o assunto seria enterrado. Um ano depois, o governo volta a falar no novo imposto digital, com arrecadação de R$ 120 bilhões por ano.

Para dar um “ponto final” ao Renda Brasil, o receio de integrantes da equipe econômica é que o ministro da Economia demita Rodrigues, como um aceno para Bolsonaro e para a população de que o assunto não será mais tratado.

O martelo, no entanto, não está batido. Em reunião mais cedo, Jair Bolsonaro disse a Guedes que a Economia deve investir na retomada do emprego, com a criação de uma PEC para ampliar a desoneração da folha, e insistiu que a equipe econômica evite dar entrevistas.

O presidente, segundo auxiliares, está irritado com o “constante vazamento” de medidas impopulares que estão em estudo no Ministério da Economia, como a desvinculação dos benefícios previdenciários e seu congelamento por dois anos para abrir espaço ao Renda Brasil.

Leia mais: Exclusivo: a casa secreta de Brasília onde ministro conspira contra ministro
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 5 comentários
TOPO