Secretário de Imprensa do Planalto é exonerado após uma semana no cargo

Telegram

Paulo Fona, o secretário de imprensa do Planalto, foi exonerado hoje depois de apenas uma semana no cargo, informa a Coluna do Estadão.

Seu nome havia sido anunciado em 25 de julho, mas ele só assumiu oficialmente na semana passada.

Em nota enviada a jornalistas, Fona disse ter sido pego de surpresa com a exoneração e afirmou que o pedido de demissão teria vindo do próprio Jair Bolsonaro.

“Fui convidado para assumir a Secretaria de Imprensa, alertei-os de meu histórico e minha postura profissional e a intenção de ajudar na melhoria do relacionamento com a mídia em geral.”

O agora ex-secretário de imprensa já trabalhou com governos do MDB, do PSDB e, mais recentemente, do PSB.

Comentários

  • Nelson -

    Por acaso terá dito alguma verdade?

  • Luis -

    Entao, por que nomeou?

  • Advogado_Tributarist -

    Tá explicado ao final o porquê ele foi exonerado. WELL DONE!

Ler 52 comentários