Secretário do Ministério da Agricultura ataca Fachin

O secretário especial de Assuntos Fundiários do Ministério da Agricultura, Luiz Antonio Nabhan Garcia, interrompeu a trégua do governo com o STF e partiu para o ataque contra um integrante da corte, Edson Fachin.

Em entrevista a O Globo, Nabhan Garcia afirmou que Fachin “advogou em causa própria” e “deveria ter a dignidade” de se declarar impedido para julgar uma ação que pediu a retirada da Força Nacional de Segurança Pública de um assentamento no sul da Bahia.

Na noite da última quinta (17), Fachin concordou com uma ação movida pelo estado da Bahia, governado pelo petista Rui Costa, e determinou a retirada em 48 horas dos policiais da Força Nacional.

A autorização para o envio dos policiais havia sido dada por André Mendonça, em pedido inicial feito pela presidência do Incra. Segundo o instituto, conflitos em assentamentos no sul da Bahia, supostamente provocados por líderes do MST, obrigavam ao emprego da Força Nacional na região.

O governo de Rui Costa alega que não havia conflitos e que o envio da força foi uma “invasão”, sem a anuência do governo estadual.

Segundo Nabhan Garcia, “houve queima de casas, queimaram um trator de uma família, moto, patrimônio. Fizeram um estrago”. O secretário alega que a PM da Bahia “não fazia nada, por ordem do governador. O governo da Bahia compactua com essas práticas do MST”.

“Fachin foi advogado do MST. (…) Tem teses do Fachin defendendo a organização criminosa chamada MST. Fachin deveria falar: ‘Eu não posso.’ Foi advogado do MST, sempre. Como que agora ele vem como ministro do Supremo e aceita pegar um julgamento desse?”, acrescentou Nabhan Garcia.

Leia mais: Exclusivo: a estratégia secreta para proteger ministros do STF contra a Lava Jato
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 30 comentários
TOPO