Secretário do Ministério do Trabalho fala em se infiltrar na transição

Telegram

Admilson Moreira, secretário executivo do Ministério do Trabalho, enviou um áudio a um grupo de WhatsApp de auditores fiscais em que aponta aparelhamento da pasta por PT, PDT, Solidariedade, PTB, Força Sindical e bancada evangélica.

No áudio, segundo a Coluna do Estadão, Admilson afirma também que precisa participar da transição para poder defender a manutenção do ministério.

“Ele acusa o coordenador de assuntos jurídicos de [Jair] Bolsonaro, Pablo Tatim, de querer ‘fatiar’ a pasta”.

Comentários

  • joao -

    O Ministério do Trabalho deveria ser extinto e decretar a proibição de ser criado novamente!! Só corrupção nesse órgão!

  • EDSON -

    Foram quatorze de aparelhamemto!

  • JOTA -

    Isso todo mundo já sabe...Todos os órgãos e estatais estão aparelhados..

Ler 73 comentários