Secretário do Ministério do Trabalho fala em se infiltrar na transição

Admilson Moreira, secretário executivo do Ministério do Trabalho, enviou um áudio a um grupo de WhatsApp de auditores fiscais em que aponta aparelhamento da pasta por PT, PDT, Solidariedade, PTB, Força Sindical e bancada evangélica.

No áudio, segundo a Coluna do Estadão, Admilson afirma também que precisa participar da transição para poder defender a manutenção do ministério.

“Ele acusa o coordenador de assuntos jurídicos de [Jair] Bolsonaro, Pablo Tatim, de querer ‘fatiar’ a pasta”.

Você CARA A CARA com Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas e convidados. SAIBA MAIS AQUI

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 76 comentários
  1. Ele ocupa cargos de DAS elevados no Ministério desde 2010. Período em que as agremiações atacadas mandavam e desmandavam , e agora posa de isento. A limpa deve começar por ele próprio.

  2. As acusações dele sao bem serias, nada que nao soubesse mas demonstra o qto os ministerios viraram terrra de ninguém servindo a meia duzia de safados (incluo ae bancadas alinhadas ao Bolso)

  3. Legislativo foi criado para impedir excessos contra o povo. Atualmente virou local de proteção dos excessos. Carta magna só admitia custear o rei e casamentos de seus filhos. O estado é a besta.

    1. O establishment é composto também pelo Temer. Ele não soube mudar pra continuar tudo igual. PT, PSDB etc. esticaram demais a corda do povo. Bolsonaro ganhou por tudo isso.

  4. Se Bolsonaro começar a não extinguir as coisas que ele pode extinguir sem congresso estaremos phudidos. No lugar dele seria uma MP e decreto extinguindo estado maluco por dia. Isso é sério.

  5. Dois aloprados. Fico espantado que tem gente fã desses dois caras! Falta muita sabedoria a ambos! Povo sem Deus não tem sabedoria, pois o “princípio da sabedoria é o temor a Deus” (Prov. 9:10)

    1. Na verdade ele disse que ia juntar essa pasta com outra. Desmembrar ela. Assim gera menos atrito no inicio e se livra dos comissionados.

  6. Quando a pasta estava aparelhada, essas pessoas não ofereceram nenhuma “resistência”. Todos recebiam seus proventos quietinhos e felizes. Agora que se descobre que não servem para nada, “resiste

  7. URGENTE! Zé Dirceu voltar nota CADEIA. Esse é o FDP! que pode desestabilizar o governo eleito. Tem “companheiros” em todos os órgãos sob seu comando. Alô! Moro esse é perigoso. Jaula JÁ! 🚔

  8. Na verdade, esse lixo deveria é ser extinto, pura e simplesmente, e, se possível aproveitado o pessoal … embora não seja certo que isso seja viável, ou possível …. é um cabidão!

  9. Ñ vai ser fácil excluir os bandidos do gov. federal, muitos estão incrustados dentro da estabilidade do servidor publico e camuflado como defensor da democracia, são verdadeiros víboras dentro do

  10. com a nomeação do zé na primeira hora do governo, fica provada a má intenção de quem empregou o duque, o cerveró, o machado o amigo paulinho, chamou o temer pra vice …. socorro … não tem p