Secretários de Fazenda de 18 estados pedem volta do coronavoucher

Secretários de Fazenda de 18 estados pedem volta do coronavoucher
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Secretários de Fazenda de 18 estados assinaram nesta sexta (22) uma carta ao Congresso em que pedem a adoção de “medidas urgentes” contra a segunda onda de Covid-19 no Brasil, registra O Globo.

Na carta, os secretários pedem a prorrogação do “coronavoucher” —o auxílio emergencial concedido aos mais vulneráveis até dezembro—, do estado de calamidade pública e do Orçamento de Guerra, que perderam a vigência no último dia do ano passado.

As medidas dispensam uma série de regras orçamentárias e facilitam o aumento dos gastos públicos, mas, até agora, o governo de Jair Bolsonaro vem negando a intenção de prorrogá-las.

Em 2020, os gastos do governo com a pandemia se aproximaram de R$ 600 bilhões, a maior parte deles por conta do auxílio emergencial.

Leia mais: Quem são os diretores da agência que darão o veredicto sobre as vacinas a serem aplicadas nos brasileiros
Mais notícias
TOPO