Inquéritos no STF: Segovia volta a se queixar de falta de pessoal

Na saída do encontro com Cármen Lúcia, o novo diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segovia, voltou a afirmar que deverá realocar delegados e investigadores para atuar nos inquéritos que tramitam no STF, registra o G1.

“Em razão do elevado número de investigações que correm no Supremo Tribunal Federal, há exatamente uma necessidade de reforço na quantidade de delegados e investigadores para concluir o mais rápido possível as investigações.

Então, fez parte da nossa conversa esse reforço, não sobre uma operação específica, mas sim para que a gente pudesse, no menor prazo possível, concluir as investigações.”

Segovia acrescentou:

“Acredito que seja muito mais uma questão de gestão de pessoal. Então, devemos normalmente realocar talvez nossa efetiva força de trabalho para investigações que hoje seriam mais importantes para a nação em detrimento de algumas outras investigações, de menor complexidade, que talvez possam aguardar um pouco mais.”

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 14 comentários
  1. Quantos policiais federais estão cedidos para outros órgãos?
    Quantos estão ocupados pajeando políticos e ex-governantes ?
    Que se acabe com isso , que tem sido trampolim para cargos de direção…

  2. O Brasil inteiro está em recessão, em corte de gastos!
    Aprenda a fazer mais com menos!
    E para de choro, porque vocês são a ELITE do FUNCIONALISMO PÚBLICO NACIONAL, recebem uma baba, se aposentam cedo e têm a OBRIGAÇÃO de acabar logo com essa Lava Jato para o país fazer a roda girar!

  3. Leandro Daiello fez centenas de coisas importantíssimas com o mesmo pessoal. O que me parece que Segóvia está arrumando uma DESCULPA ANTECIPADA, para não atuar no combate aos corruptos. ESSA È VELHA SEGÓVIA . ARRUMA OUTRA MAIS NOVA !!!

    1. É a desculpa que o STF usa há quase 4 anos para não mover uma palha em relação aos inquéritos da Lava Jato. Excesso de trabalho, falta de pessoal… O tempo vai passando, e vão empurrando coma barriga. Mais alguns anos, prescreve tudo e arquiva-se.

  4. Dr. SEGOVIA, foi tudo aparelhado nos governos de Lula e Dona Dilma: Desarmaram o povo e não admitiram mais policiais federais. Tudo isso foi muito bem articulado, pois não seriam imaturos em contratar agentes policiais que os prenderiam num futuro e não conseguiriam conter uma massa popular armada, fazendo justiça com as proprias maõs.

  5. Colocaram um “Rolando Lero” cheio de mimimimimimi no comando da PF, coisa de seus indicadores Temer/Sarney/Padilha. Tem PF suficiente, o que precisa é ter PRIORIDADES, deixa vaquejada/briga de galo/pesca clandestina pra depois, vamos atrás dos CORRUPTOS sem trégua.

    1. Dr.Segovia, completando o raciocinio anterior, seria bom lembra-lo que a escolha de seu honrado nome, foi feita por varios motivos e, sobretudo, pelo trabalho pessoal de V.Sa., juntos a classe politica para sua nomeação. Quem pleiteia um cargo de tal importância e responsabilidade, deveria saber de antemão as dificuldades que encontraria.

    2. Dr. Segovia, a Caravana passa e os cães ladram! Sua missão e das mais nobre e importante para a moralização do Pais. Nos Brasilleiros estaremos torcendo pelo sucesso de seu trabalho.