Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Seguindo orientação do Ministério da Saúde, Doria reduz intervalo da Pfizer para 8 semanas

Regiane de Paula: cerca de 2 milhões de doses estão sendo encaminhadas para os municípios para a antecipação
Seguindo orientação do Ministério da Saúde, Doria reduz intervalo da Pfizer para 8 semanas
Reprodução/Governo do Estado de São Paulo/YouTube

João Doria anunciou nesta quarta (22) a redução de 12 para 8 semanas do intervalo para a 2ª dose da vacina da Pfizer contra Covid.

A mudança segue orientação do Ministério da Saúde, em vigor desde quinta passada (16).

A redução do intervalo em São Paulo valerá a partir da próxima sexta (24). A partir dessa data, todos os que receberam a primeira dose da Pfizer há pelo menos oito semanas poderão tomar a segunda dose.

“Quem já recebeu a 1ª dose desse imunizante [da Pfizer, há pelo menos oito semanas] poderá concluir o seu esquema vacinal quatro semanas antes do prazo inicialmente indicado na sua carteira de vacinação [de 12 semanas]”, disse a coordenadora Regiane de Paula. Segundo ela, cerca de 2 milhões de doses estão sendo encaminhadas para os municípios para realizar a antecipação.

A redução do intervalo vale apenas para a vacina da Pfizer, e não da AstraZeneca.

Doria fez o anúncio em coletiva de imprensa na sede do Butantan.

Leia tambémDF anuncia antecipação de 2ª dose da Pfizer para 240 mil pessoas

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO