ACESSE

Segunda testemunha

Telegram

A Polícia Civil tomou depoimento de uma segunda testemunha do assassinato de Marielle Franco, além de sua assessora.

“Uma das hipóteses do crime”, segundo o G1, “é execução, mas outras não são descartadas”.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler comentários