Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Segunda Turma julga no dia 30 operação contra advogados de Lula e Bolsonaro

Segunda Turma julga no dia 30 operação contra advogados de Lula e Bolsonaro
Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF

Gilmar Mendes agendou para o próximo dia 30 o julgamento, na Segunda Turma do STF, da ação da OAB contra a Operação E$quema S, da Lava Jato do Rio.

Entre os investigados estão os advogados Cristiano Zanin, que defende Lula; Frederick Wassef, ligado à família de Jair Bolsonaro; Eduardo Martins, filho do presidente do STJ, Humberto Martins; e Adriana Ancelmo, mulher do ex-governador Sérgio Cabral.

Todos são suspeitos de receberem recursos desviados da Fecomércio do Rio para influenciar julgamentos no Superior Tribunal de Justiça e no Tribunal de Contas da União.

O julgamento na Segunda Turma será presencial. Além de Gilmar Mendes, relator, participarão Edson Fachin, Ricardo Lewandowski, Kassio Marques e Cármen Lúcia.

Em outubro do ano passado, Gilmar Mendes suspendeu a ação contra dezenas de advogados, suspeitos de receberem R$ 151 milhões que teriam sido desviados da entidade.

Disse que, como a investigação envolve autoridades com foro privilegiado, não poderia ser conduzida por Marcelo Bretas, juiz federal de primeira instância, na 7ª Vara Federal do Rio.

Como mostra a edição desta semana de Crusoé, Bretas é o próximo alvo de Gilmar Mendes na ofensiva contra a Lava Jato.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO