Segunda Turma do STF livra Renan de ação penal

Telegram

A Segunda Turma do Supremo acaba de rejeitar denúncia da PGR contra Renan Calheiros e o deputado Aníbal Gomes na Lava Jato.

Ambos haviam sido acusados de corrupção passiva e lavagem de dinheiro em inquérito aberto em março do ano passado, segundo o qual o senador e o deputado receberam propina para que a Petrobras contratasse a Serveng Civilsan.

Para a Segunda Turma, a denúncia foi baseada apenas em delação premiada e não tinha os elementos necessários para abertura de uma ação penal.

 

Comentários

  • Dirce -

    Tadinho dos dois.... tão inocentes....

  • marc -

    A segunda turma é o sonho de todos ...... a população tem de se rebelar contra o STF, eles vão garantir a impunidade da ORCRIM

  • Carvalho -

    E a investigação, serve para que?

Ler 91 comentários