ACESSE

Segundona arquiva mais um inquérito de tucano

Telegram

Como previsto, a Segunda Turma do STF arquivou o inquérito que apurava repasse da Odebrecht ao ministro Aloysio Nunes Ferreira na campanha ao Senado, em 2010.

Ricardo Lewandowski, que havia pedido vista do processo, acompanhou os votos de Gilmar Mendes e Dias Toffoli – que entenderam não haver “perspectiva” no caso.

Foram vencidos Edson Fachin e Celso de Mello, que queriam esperar a conclusão da perícia nos sistemas de propina da Odebrecht (Drousys e do MyWebDay).

O advogado de Aloysio é o ex-procurador José Roberto Figueiredo Santoro, ligado aos tucanos.

A estratégia de Renan Calheiros para voltar à presidência do Senado. CONFIRA AGORA

Comentários

  • Jorge -

    Gilmar disse q p/fechar STF tem q rasgar a constituição. Tá aí, ela é rasgada diáriamente pelos próprios juizes

  • Joe -

    Correm para livrar os cumpanheiros, pois tem certeza que a partir de domingo o Brasil começará a mudar. Vai corre motorista do marighella...

  • Carlos -

    Que sorte em Aloysio

Ler 60 comentários