Segundona do STF rejeita denúncia contra Fernando Bezerra

A Segunda Turma do STF rejeitou por 3 votos a 2 denúncia oferecida pelo MPF contra o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) na Lava Jato, registra o G1.

O ex-ministro da Integração Nacional de Dilma Rousseff foi acusado de pedir e receber propina de R$ 41,5 milhões de Queiroz Galvão, OAS e Camargo Corrêa entre 2010 e 2011, quando era secretário do governo Eduardo Campos em Pernambuco.

O julgamento, adiado em dezembro de 2017, foi retomado só agora, com o voto de Ricardo Lewandowski pela rejeição da denúncia.

Ele formou a maioria com Gilmar Mendes e Dias Toffoli, que ainda estava na Segunda Turma quando a análise do caso começou.

Joice Hasselmann: ela quer ser a capitã do novo governo. Leia AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 30 comentários
  1. Cara, inadmissível o povo deixar o STF acabar com a justiça assim, na maior cara dura. Os bandidos sendo soltos, os ainda não presos nem mais sendo acusados. Dias terríveis esses feitos pelo Pior

  2. Engraçado o corruPTos podem roubar: matar, assassinar as pessoas nas filas dos hospitais, com falta de educação, falta de segurança…. Mas o cidadão de bem não pode se expressar contra essa ver

  3. A “segundona” é a imagem do que há de mais torpe, infame, corrupto, ordinário e debochado desse maldito tribunal conhecido como $TF. Onde estão as V.Exas Cabo e o Soldado???

  4. Ele também foi, ou é, ministro de Minas e Energia de Michel Temer, né? Petrobrás estava sob sua responsabilidade. Era uma Dilma no governo Lula. E, as falcatruas continuaram, conforme vimos