Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Sem acordo, Câmara adia votação de MP que cria Auxílio Brasil

Relator da proposta, Marcelo Aro, defendeu que o programa seja corrigido pela inflação; equipe econômica do governo federal é contra
Sem acordo, Câmara adia votação de MP que cria Auxílio Brasil
Foto: Ministério da Cidadania, Divulgação

Sem um acordo entre deputados e o Palácio do Planalto sobre o mecanismo de reajuste do Auxílio Brasil, o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), resolveu adiar para amanhã a análise da MP que institui o novo benefício do governo federal.

O relator da MP que cria o Auxílio Brasil, Marcelo Aro (foto) disse que vai trabalhar para manter em seu parecer o mecanismo de correção automática do benefício pela inflação, mas admite retirá-lo caso isso seja necessário para aprovar o texto.

O governo se opõe à indexação do benefício. Integrantes do Ministério da Economia apontam que a medida traria ainda mais rigidez ao Orçamento e o próprio ministro da Cidadania, João Roma, disse não concordar com a correção automática.

Mais notícias
TOPO