ACESSE

Sem cargo, Malta vai cantar e dar palestras

Telegram

Preterido por Jair Bolsonaro no primeiro escalão do novo governo, o futuro ex-senador Magno Malta diz que vai se dedicar à carreira de cantor gospel e dar palestras pelo Brasil.

“Vou viajar o país inteiro. Fazer palestra. Tenho uma luta contra abuso de criança, pedofilia, minha marca está aí. Vou continuar fazendo palestra, cantando. Tenho 41 anos de carreira. Tenho 28 CDs gravados. Vivi sempre da minha música”, disse ao Globo.

Um dos maiores cabos eleitorais do presidente eleito diz que Bolsonaro continua sendo seu amigo e que não tem obrigação de lhe dar ministério ou emprego.

“Expectativa [de ser ministro] é uma coisa. Mas esse país tem 208 milhões de habitantes. Posso entender o fardo que ele está vivendo agora, sentado ali, enfrentando a velha política, tentando estabelecer um novo modelo, com críticas aqui e ali”, afirmou.

Os generais acompanham as primeiras ações do futuro governo — e não aprovam tudo... LEIA AQUI

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 66 comentários