Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Sem citar Bolsonaro, Barroso fala em "perigos do populismo" e "erosão democrática"

Ao retomar os trabalhos, presidente do TSE disse que líderes eleitos estão "desconstruindo, tijolo por tijolo, os pilares da democracia"
Sem citar Bolsonaro, Barroso fala em “perigos do populismo” e “erosão democrática”
Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF

Luís Roberto Barroso fez duras críticas a Jair Bolsonaro durante a sessão de abertura dos trabalhos deste semestre do Tribunal Superior Eleitoral. O presidente da corte afirmou que “populismo, extremismo e autoritarismo” são “extremamente perigosos”.

Segundo ele, o mundo “assiste a três fenômenos, que juntos se tornam extremamente perigosos: populismo, extremismo e autoritarismo.”

Barroso disse ainda que, “nos últimos tempos, em diferentes partes do mundo, tem se falado em recessão democrática, retrocesso democrático e democracias iliberais”. Ele citou como exemplos de países nessa situação Hungria, Polônia, Turquia, Rússia, Ucrânia, Geórgia, Filipinas, Venezuela, Nicarágua e El Salvador.

O presidente do TSE também afirmou que a “erosão democrática” não tem ocorrido nos países “por golpes de estado”, mas “por líderes populares eleitos pelo voto”.

Depois de eleitos, esses líderes “vão desconstruindo, tijolo por tijolo, os pilares da democracia, concentrando poderes no Executivo, procurando demonizar a imprensa, procurando colonizar os tribunais constitucionais que atuam com independência”.

E complementou: “É uma receita padrão praticada em vários lugares do mundo”.

Ataques de Bolsonaro

As falas de Barroso são respostas aos ataques de Jair Bolsonaro. Hoje, o presidente da República voltou a criticar o Tribunal Superior Eleitoral e Barroso, em conversa com apoiadores no cercadinho do Palácio do Planalto.

“Sem eleições limpas e democráticas, não tem eleições de verdade. Tem uma farsa. Tem algo que pode se chamar de tudo, não de eleições. O Barroso deveria estar do lado do povo brasileiro. Quem ele pensa que é para dizer que a vontade dele vale para o Brasil? Ele é o dono da verdade? Quem o senhor Barroso pensa que é?”, disse Bolsonaro.

 

Mais notícias
TOPO