Sem Cunha, não haveria impeachment

A maneira como Renan Calheiros conduz o processo de impeachment permite uma só uma conclusão:

Não haveria impeachment sem Eduardo Cunha, o bandido favorito de Bob Jeff.

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. Com certeza é golpe. Comunista é assim mesmo: fala que “não vai ter golpe”, mas eles é que estão armando o golpe. E Cristovam Buarque zuando novamente. Não adiantou nada sair do PDT.

Ler mais 76 comentários
  1. Com certeza é golpe. Comunista é assim mesmo: fala que “não vai ter golpe”, mas eles é que estão armando o golpe. E Cristovam Buarque zuando novamente. Não adiantou nada sair do PDT.

  2. sim, com Lula disputando a presidência! visão distorcida da realidade não era exclusividade do Steve Jobs, todo o PT foi apanhado por essa doença. Se esqueceram o ex-presidente ainda terá de acertar contas com a justiça e se o PT fizer breve desembarque à realidade, Lula talvez dispute eleições em 2022

  3. O PT não ganharia e o PMDB sairia do poder. O que há de errado nisso? O único problema seria a Marina vencer, aí seria melhor ter ficado com a Dilma. CANCELA O IMPEACHMENT!! MARINA NÃO!!

  4. É uma forma de tentar esfriar as discussões sobre o impeachment no Senado porque não há como esta ideia prosperar sem a renúncia de Dilma e de Temer. Ela é uma tentativa para prolongar o mandato de Dilma até outubro para limparem todas as provas que existem na administração contra o PT!

  5. É a lava jato que determinará os rumos do calendário politico. É ali, nessa operação que reside o núcleo moral e legal, dos encaminhamentos do congresso, desmascarando todas as manipulações e farsas, que tivemos que ouvir nesse domingo histórico. Até lá, enquanto o esquema petista e desmontado, defendemos um mandato de estabilização e transição.

  6. Essa é uma ideia de jerico, de asno: esta corriola não tem um terço da Câmara para derrubar o impeachment, vai ter dois terço da Câmara e do Senado para aprovar esta imbecilidade. Estão mais perdidos que cachorro que caiu do caminhão de mudança…

  7. Não ao Golpe no Ordenamento Jurídico. Foi nosso Ordenemento Juridico e o Poder Judiciario que nos afastaou o bolivarianismo. Não ao Golpe da esquerda vermelha. Cristovao Buarque não entre nessa barca… Vamos resolver tudo dentro da constituiçao.

  8. A ORCRIM quer conduzir as eleições, deixar outro partido que não seja um deles dará oxigênio, espaço para os brasileiros observarem, pensarem e ter novos parâmetros. Roubaram muito, tanto que sobra para dar estofo aos partidos hospedeiros, essa gente não presta.

  9. não queremos eleições antes que os partidos aliados do pt ,inclusive sejam excluídos e os políticos envolvidos na lava jato sejam punidos, presos e/ou impedidos de direitos políticos. Sem isso, é golpe. FORA GOLPISTAS, FORA PT, FORA FORO DE SÃO PAULO, FORA DILMA, CADEIA PARA O LULA. A luta só começou.

  10. Fiquem tranquilos. Até terminar o julgamento no Senado, vai ter muita coisa pra rolar debaixo dessa ponte. Até lá Lula está preso. Moro ficou quieto essa semana mas a partir de agora o galo vai cantar.

  11. Antagonistas deixa que este golpe não vai vingar. Eu só queria dizer que adoro o trabalho jornalístico de vocês. Acompanho voto a voto e vou ficar muito emocionada quando a Câmara aprovar a cassação de Dilma. Parabéns brasileiros. Antagonistas por seu trabalho jornalístico vocês sempre terãoum lugar no meu coração e de minha família.

  12. Apesar de não gostar do Temer e do PMDB, não podemos permitir isso, com essas urnas facilmente fraudáveis, controlada pela venezuelana Smartmartic, Lula venceria no primeiro turno! Vamos ficar de olho, não abandonar as ruas e pressionar!!!

  13. casste nestes pseudos senadores que na realidade nao pasam de safados , projeto de lei que reduza o mandato de senados para quatro anos como os deputados ja , para que eles nao se tornem estes imbecis que estamos vendo e vendilhoes do erari publico cadeia para estes corruptos vendilhoes jjjjaaaa

  14. “O deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) cospe no deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ, de costas com o braço levantado) durante a sessão da Câmara dos Deputados que vota pela continuidade ou não do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). Durante sua fala, Wyllys chamou os apoiadores do impeachment de “canalhas” vejaonline

  15. Calma, olha a quantidade de deputados que vão impedir essa palhaçada. Não tem votos nem para salvar Dilmão. E Gilmar no TSE em maio, esse não se deixa comprar, nem pressionar.

  16. Devo não ser muito bom em matemática, pois não consigo entender como um partido que não conseguiu nem 1/3 dos votos para manter a presidente vai conseguir 2/3 para dar um golpe na Constituição…

  17. Golpe, golpe, golpe! !!! Isso é pra manter o pt no poder. É diversionismo. Essa gente é canalha. Não querem largar o osso de jeito nenhum e contam com suas linhas auxiliares no parlamento.

  18. Assim como inventaram a palavra golpe para disfarçar o crime de corrupção do Lula, e tentar a fracassada convulsão social do Stédile, partiram para as manobras jurídicas, agora partem para essa inconsequência desrespeitando à Constituição! Admira-me muito o senador Cristovam Buarque participar desse verdadeiro golpe contra a Constituição!