Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Sem holofotes, Lula 'mata saudades' de Brasília

Sem holofotes, Lula mata saudades de Brasília
Foto: Rogério Carvalho/Twitter

A visita de Lula a Brasília coincide com uma semana de noticiário político carregado, sobretudo em razão dos primeiros depoimentos na CPI da Covid.

Longe de holofotes e sem a repercussão esperada por petistas, o ex-presidente se dedica a agendas com parlamentares da esquerda, sem trazer muitas novidades.

“Era uma visita para ser assim mesmo, não tem muito mais que isso. A ideia dele era conversar com pessoas, até do próprio PT, com as quais ele não tinha contato há muito tempo. As pessoas estavam muito ansiosas para falar com ele”, disse, em reservado, uma liderança do partido.

Lula, de volta à cena política graças à decisão do STF de anular todas as condenações dele no âmbito da Lava Jato, tenta usar a viagem para construir palanques estaduais no ano que vem. Ele se reuniu, por exemplo, com o deputado Marcelo Freixo (PSOL) e o senador Fabiano Contarato (Rede), possíveis candidatos ao governo do Rio de Janeiro e do Espírito Santo, respectivamente.

Petistas dizem que Lula “está bem”, “animado” e “disposto”. Acompanhado o tempo inteiro por Fernando Haddad e Gleisi Hoffmann, ele não estaria acompanhando a CPI e teria dito, inclusive, que a agitação no Congresso permite que ele cumpra as agendas com “mais tranquilidade” e “sem pressão”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO