Sem lágrimas

Como era esperado, Dilma fala de sua luta “contra a ditadura”, “contra a pobreza” e “pela soberania nacional”.

“Não é, aos quase 70 anos de idade, após ser mãe e avó, que abdicaria dos princípios que sempre me guiaram.”

Sem lágrimas até agora.