Sem política nos fundos de pensão

Aécio Neves apresentou um projeto substitutivo na CCJ que coloca um ponto final nas indicações políticas para os conselhos dos fundos de pensão das estatais. Se aprovado, só profissionais do mercado poderão ter assento na direção dos fundos.

Tomara que ainda haja fundos de pensão quando o projeto for aprovado.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200