ACESSE

Sem ter tomado posse, Decotelli prepara carta de demissão

Telegram

O Antagonista apurou que Carlos Decotelli foi estimulado por emissários do Palácio do Planalto a escrever uma carta abrindo mão do Ministério da Educação.

Assim, evita-se que o presidente o demita.

Uma liderança do governo acredita que a tal carta chegará às mãos de Jair Bolsonaro ainda na tarde desta terça-feira (30), dia em que tomaria posse.

A nomeação de Decotelli subiu no telhado após as constatações de uma série de incongruências em seu currículo.

O verdadeiro novo ministro poderá ser anunciado nas próximas horas.

Nos bastidores, fala-se que aumentaram as chances de Marcus Vinicius Rodrigues, ex-presidente do Inep.

Leia mais: Um amigo aconselhou Bolsonaro a renunciar. O presidente resiste. E tem um plano para ir até o fim

Comentários

  • Roberto -

    Pelo menos vai passar VERGONHA por pouco tempo..

  • Heraldo -

    O eufemismo para mentiras no currículo é "inconsistências", mas o que o Carlão fez mesmo foi mentir.

  • Maria -

    VIROU O "PORCINO' DO MOMENTO: O QUE FOI SEM NUNCA TER SIDO...

Ler 38 comentários