Sem-terra presos pela lei antiterrorismo

O Estadão traz uma notícia importante: a Justiça de Goiás mandou prender quatro militantes do MST com base na legislação antiterrorismo.

“As prisões estão inseridas no contexto de ocupação da Usina Santa Helena, uma propriedade de 22 mil hectares, no município de Santa Helena de Goiás, por cerca de mil famílias sem-terra ocorrida no domingo passado.”

Está aberto o precedente.