Senado aprova restrição no crime de denunciação caluniosa

Senado aprova restrição no crime de denunciação caluniosa
Foto: Agência Senado

O plenário do Senado aprovou hoje projeto que restringe as hipóteses de denunciação caluniosa — quando alguém acusa outra pessoa, que sabe ser inocente, de cometer um crime.

A proposta diz que será preciso a instauração formal de um inquérito policial, abertura de processo disciplinar ou ação de improbidade administrativa para que o crime seja configurado (caso se conclua que a pessoa acusada injustamente era inocente).

Atualmente, basta que as autoridades realizem apurações preliminares sobre uma pessoa inocente para que fique configurada a denunciação caluniosa.

 A pena continua de reclusão de dois a oito anos e multa. Como já foi aprovado pela Câmara, o projeto vai agora à sanção de Jair Bolsonaro.

Leia mais: A revista que fiscaliza TODOS os poderes e conta com os melhores colunistas do Brasil.
Mais notícias
TOPO