Senado contrata fundação com histórico de irregularidades

Senado contrata fundação com histórico de irregularidades
Campanha Janeiro Roxo - A cúpula e o edifício do Anexo 1 do Senado Federal ficarão iluminados de roxo, até 31 de janeiro, por conta do mês de prevenção à hanseníase, doença bacteriana popularmente conhecida como lepra. A campanha foi oficializada pelo Ministério da Saúde em 2016 e é endossada pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), que coordena ações relacionadas ao período em todas as unidades da Federação. A Organização Mundial da Saúde (OMS) aponta que o Brasil registra uma média de 25 mil casos da doença por ano, tendo ultrapassado 30 mil em 2011. Esses números colocam o país como o segundo país com maior incidência da doença, atrás apenas da Índia. Foto: Roque de Sá/Agência Senado

Uma entidade sob suspeita de superfaturamentos milionários foi contratada por R$ 13 milhões para disponibilizar funcionários para trabalhar na área de comunicação do Senado, informa Luiz Vassallo na Crusoé.

A revista obteve acesso a uma perícia que revela repasses da Fundac, a Fundação para o Desenvolvimento das Artes e da Comunicação, a uma ONG acusada de ser “organização criminosa” e a empresas de seus próprios dirigentes.

Clique AQUI para ler a íntegra da reportagem.

Leia mais: Golpe no planalto: o governo quase caiu na promessa de 500 bilhões de dólares
Mais lidas
  1. Assessor de Mourão procura Congresso: "É bom estarmos preparados"

  2. Os militares deveriam se envergonhar

  3. Governo estima que mortes por Covid cheguem a 2 mil por dia

  4. "Mega epidemia daqui a 60 dias"

  5. AGÊNCIA DA ALEMANHA RECOMENDA QUE VACINA DA ASTRAZENECA NÃO SEJA USADA EM MAIORES DE 65 ANOS

Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 15 comentários
TOPO