Senado votará hoje projeto que pode favorecer empresas do presidente da Casa

O plenário do Senado está pronto para votar hoje uma série de propostas para área de segurança pública.

Uma delas merece atenção especial: trata-se do Substitutivo da Câmara dos Deputados (SCD) nº 6, de 2016, cuja tramitação na Casa foi relâmpago. Antes de o requerimento de urgência ser aprovado, o texto foi analisado apenas pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS), em outubro.

O site do Senado explica que o chamado Estatuto da Segurança Privada “trata dos serviços de segurança privada e sobre a segurança das instituições financeiras, disciplinando a autorização prévia e a fiscalização da Polícia Federal para os serviços de segurança privada e para o plano de segurança em dependências de instituições financeiras”.

O projeto passou pela Câmara na mesma noite em que os deputados enterraram as 10 medidas contra a corrupção, um ano atrás. Naquela ocasião, o texto original — que saiu do Senado com 3 artigos e retornou com 73 — ganhou um trecho (o parágrafo terceiro do artigo 20) que impõe a proibição de instituições financeiras terem empresas de segurança privada e transporte de valores.

Na CAS do Senado, esse parágrafo foi o único sobre o qual não houve consenso, e acabou sendo validado com o apertado placar de 9 a 8.

Tal proibição alcançaria, na prática, uma única grande empresa, que vinha chamando a atenção em licitações públicas por oferecer serviços com preços abaixo da média do mercado.

O grande problema nessa história toda é que Eunício Oliveira, presidente do Senado, é dono da Confederal e da Corpvs, empresas que prestam serviços de vigilância, limpeza e transporte de valores e integram a holding Remmo Participações.

Já questionado anteriormente sobre esse projeto, o senador informou, por meio de nota, que se afastou legalmente “de toda e qualquer função gerencial” de suas empresas em 1998, quando se elegeu deputado federal pela primeira vez.

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. ernani disse:

    E daí? Obedeceu apenas uma formalidade. Continua dono e bandido. A prova? Ou mais uma prova, é este dispositivo de lei aprovado. Legislou em causa própria com a ajuda dos comparsas da Câmara. E continua roubando o país. Bolsonaro já!

Ler comentários
  1. FOI CARTEL, MONOPÓLIO ou NENHUM??? disse:

    Não entendi bem, ou seria o SENADO ABORDELADO agora ACARTELANDO ou MONOPOLIZANDO serviços de transportes de valores para um dos seus IRMÃOS????

  2. SR Saraiva disse:

    Karaca...não entendi. O projeto 'proibe que as instituições ter empresas de segurança'?

  3. marcelo disse:

    Minhas escusas, pois a observação supra refere-se ao vereador Suplicy, em outro artigo.

  4. Alfredo disse:

    Não tem jeito, Nação nunca mais conseguirá se livrar das Orcrim's que tomaram o poder.

  5. PICXULECO disse:

    INCRÍVEL. TÁ EXPLICADA A TENDÊNCIA DELE APOIAR LULA NO CEARÁ. GOSTAM DA COISA.

  6. roberto disse:

    Esse Sr. Eunício é outra "figurinha carimbada e assinada". A melhor definição de uma pessoa escrota que representa em carne e osso toda nojeira dessa nossa classe política. Tenho ânsia de vômito quando deparo ( por descuido) com sua fisionomia.

  7. Cleuza disse:

    Que canseira ter tanto bandido no poder e sempre legislando em causa própria. Um mais bandido que outro.

  8. edson disse:

    Pra essa Gente, não basta ganhar mais de 30Mil reais mensais e dezenas de Privilégios! A Ganância pelo dinheiro e poder é mais e mais e mais....

  9. Joao disse:

    Vamos apoiar o congresso. Vamos apoiar o Senado. RolaZoio Democracia no Brasil é uma PIADA

  10. R.I.P. Bannannis disse:

    Alguém acredita? Quem? Quem? Alguém? Kkk eles tem certeza q o eleitor e trouxa!! Kkkk

  11. zara-trusta disse:

    Indio é um poço de ética e probidade.

  12. MARIASEMVERGONHA disse:

    SE AFASTOU MESMO ?? E TEM "LARANJADA" NA JOGADA, COM CERTEZA, OTÁRIOS SOMOS NÓS, CONTA OUTRA, TALVEZ A DO CAPEUZINHO VERMELHO KKKKKK

  13. Alice disse:

    Quanto descaramento! As coisas no Brasil estão num nível tão baixo que certas pessoas públicas não tem mais pudor em mostrar o quão rasteiras são suas intenções e ações.

  14. B Coimbra disse:

    É necessário revisar tudo o q aprovaram nos últimos 20 anos, pois tudo é feito para benefício das quadrilhas. Se metem onde ñ têm de se meter! Em essência, fazem assim: Primeiro, impoem impostos e normas q praticamente NINGUÉM ou qq empresa pode cumprir; Depois, selecionam quem beneficiarao com isencoes/refis e quem perseguirao ou receberá inspecoes de uma carrada de fiscais, para cobrar multas astronômicas. Isto tudo ocorre pq a justica neste país nao funciona. Aliás, funciona nos mesmos moldes!

  15. Apocalipse disse:

    Gente e revoltante, mais e assim que a coisa funciona eles estão la defendendo os interseres deles e de seus grupos. A população e a grande culpada que tem a oportunidade de mudar de 4 em 4 anos e não muda votando sempre nos mesmos. Ai vem reclamar de mudança. Acorda Brasil

  16. Brás Cubas disse:

    Não entendo como afastar-se das funções gerenciais exime-o de conflito de interesses. Se ele é o dono, não é beneficiário dos lucros da empresa? O que importa se ele a gerencia ou não?

  17. deletério disse:

    18 comentários. O brasileiro é uma criatura curiosa mesmo... merece ser governado por bandidvs

  18. Luiz Jr disse:

    Tinha de estar preso esse cara de índio americano! Larápio f.d.p

  19. marcelo disse:

    Plenamente justificavel, pois estava fugindo da policia ! kkk