Senador do PSD reage à fala de Alvaro Dias sobre 'acordão' em CPI: "Começou a delirar"

Senador do PSD reage à fala de Alvaro Dias sobre acordão em CPI: “Começou a delirar”
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Como registramos há pouco, o líder do Podemos no Senado, Alvaro Dias, falou que há um “acordão” em curso para a definição do comando da CPI da Covid e que o governo Bolsonaro participa disso.

Ele também criticou o fato de o PSD, com 11 senadores, ter o mesmo número de integrantes na CPI do bloco que inclui Podemos, PSL e Podemos, que tem 18 senadores.

O senador Otto Alencar, que liderou a bancada do PSD até o ano passado, reagiu.

O senador Alvaro Dias dá uma declaração leviana. Há dois anos e quatro meses, faço oposição responsável ao governo Bolsonaro e jamais faria acordo em uma CPI que trata da preservação da vida”, disse ele a O Antagonista.

“O senador Eduardo Girão [que tenta presidir a CPI, no lugar de Omar Aziz, do PSD] se coloca como aliado do presidente Bolsonaro. O senador Alvaro começou a delirar muito cedo”, acrescentou.

Alvaro Dias respondeu assim:

“Se fizerem uma retrospectiva, constatarão que os meus ‘delírios’ acabam antecipando a realidade.”

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que tem coragem de fiscalizar TODOS os poderes
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO