Senador ironiza 'nova política': "Então, mata todo mundo aqui e vamos implodir a República"

Telegram

Em entrevista a O Antagonista, o líder do PDT no Senado, Weverton Rocha, ironizou a turma de novatos no Congresso que está disposta a fazer enquetes entre seus eleitores antes de decidir cada voto.

“Que história é essa? Toda hora vamos ficar fazendo enquetezinha? Não dá para ficar perguntando para o eleitor o que fazer desse jeito. O eleitor votou em mim, confiando em mim, para que eu o represente aqui. Em vez de liderar, eles, então, serão liderados? Então, mata todo mundo aqui e vamos implodir a República.”

O pedetista, eleito pelos maranhenses, disse estar “preocupado” com a expectativa dos brasileiros em torno da renovação de 85% no Senado.

Este é um convite à indignação. Veja aqui!

“Estou preocupado. Você vai me dizer que alguém que nunca foi nada é renovação? Todos que chegaram aqui passaram pela Ficha Limpa e pelas urnas. Mas isto aqui exige um pouco de estofo. A Casa está cheia de ‘caçadores de pokemons’, o grupo que fica andando para lá e para cá com celular na mão, filmando tudo e falando somente com sua rede social.”

Comentários

  • Daiane -

    Deve ser pq no Maranhão o índice de analfabetismo e enorme, assim como o desenvolvimento.

  • Fausto -

    Acostume-se senador. Ou assim ou a ira popular cai sobre a cabeça do eleito arrebentando com ele não só politicamente como cobrar cadeia em eventuais desvios. Você quer ficar soltinho né sua rapo

  • Ivone -

    É senador, estas eleições foram para mudar. Não existe trabalho sem supervisão, deste modo, considerando que o senador é um trabalhador pago por nós, será fiscalizado, com rigor!

Ler 282 comentários